Galvanoplastia

A galvanoplastia é o processo usado na prateação, na niquelagem e na cromagem. Ela tem esse nome em homenagem ao físico e químico italiano Luigi Galvani, o descobridor do galvanismo.

Esse processo consiste em revestir metais com outros mais nobres através da redução química ou eletrolítica, geralmente para proteger da corrosão ou para fins estéticos/decorativos.

Qual a utilidade da galvanoplastia?

  • Proteger;
  • Melhorar a condutividade;
  • Auxiliar na soldagem;
  • Estética;
  • Aglutinar partículas não condutoras de eletricidade;
  • Diminuir o atrito;
  • Aumentar a dureza superficial;
  • Resistir à temperatura.

Existe ainda a galvanização a quente ou a fogo, também conhecida como zincagem. Esse é o processo mais antigo e mais utilizado na proteção de objetos feito de ferro ou aço. O procedimento é quase o mesmo usado nos outros materiais, porém o zinco possui uma temperatura de fusão de 419°C e por isso a solução deve estar entre 430 e 460°C, acelerando a reação entre ferro e zinco.

Esse processo consiste em quatro etapas:

  • Amarração, onde o ferro é amarrado com arames e pendurado em uma estrutura suspensa numa ponte móvel;
  • Decapagem, onde o ferro é mergulhado em desengordurante, ácido para decapar e fluxo para preparar o ferro para absorver o zinco;
  • Forno, onde o ferro é imerso em uma mistura de metais líquidos;
  • Expedição, onde são cortados os arames das peças galvanizadas e retocadas as eventuais falhas.

Um Comentário sobre “Galvanoplastia”

  1. Renato chaves fevereiro 25, 2011 at 12:47 #

    quero fazer o curso de galvanoplastia para aprender tudo,o maquinario,quimica usada,banho.e preço de maquinas.

O que você tem a dizer?

Gravatar Image